Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

5 de outubro de 2013

O movimento pela anulação da AP 470/STF, a lenda do mensalão

Para desilusão da ensandecida torcida oposicionista, os ERROS do julgamento da AP 470 são hoje evidentes e notórios.
Joaquim Barbosa e sua trupe conduziram o STF para uma encruzilhada, uma autêntica sinuca de bico ou um xeque-mate.
É insustentável a condenação, pois tem como premissa um crime impossível.

OBSERVE
Não existe qualquer documento que comprove a afirmação de que o dinheiro - os quase 74 milhões - pertencessem ao Banco do Brasil. Existem sim diversos documentos comprovando que o dinheiro pertencia exclusivamente à empresa privada e multinacional Visanet.
Não existe qualquer documento que comprove a afirmação de que nenhum serviço publicitário foi realizado. Existem sim diversos documentos e milhares de testemunhas de que centenas de serviços publicitários foram realizados: Reveillon de Copacabana 2003; Festa do Peão Boiadeiro em Barretos; XVIII Congresso da AMB em Salvador 2003 com a presença de mais de três mil magistrados; Rede Globo veiculou peças publicitárias e recebeu por isso mais de R$ 5 milhões; patrocínios aos consagrados atletas olímpicos Guga, Adriana e Shelda; exposição África no circuito CCBB no RJ, SP e DF; além de outras dezenas de atividades publicitárias de fácil comprovação.
Portanto, como afirma o jornalista Raimundo Pereira em sua revista RETRATO DO BRASIL e também no recém lançado filme: Mensalão AP 470, STF, Julgamento Medieval; é mentirosa a tese de desvio de dinheiro público do BB. Aqui o link do filme http://www.megacidadania.com.br/mensalao-ap-470-stf-julgamento-medieval/

ANULAR O MENTIRÃO
Diversas pessoas desejam saber como proceder para auxiliar na anulação do MENTIRÃO.
Nosso entendimento é de que temos algumas tarefas como ampliar a divulgação dos ERROS da AP 470, divulgar mais e mais o filme produzido pela revista RETRATO DO BRASIL (link acima), inundar o STF com mensagens via e-mail’s, cartas e similares, além de comparecer, divulgar e/ou assistir transmissões dos eventos sobre os ERROS da AP 470 como o do dia 14/10 no RJ com a presença de João Paulo Cunha. Aqui o link do evento com JPC https://www.facebook.com/events/606413392735681/
Por óbvio, cabe às entidades organizadas, sindicatos e suas centrais sindicais, parlamentares e seus partidos políticos, universitários e centros acadêmicos, organizarem núcleos de debate e divulgação dos ERROS da AP 470 e suas consequências para toda a sociedade, posto que eles, os ERROS, ultrajam o estado democrático de direito.
A seguir três links de postagens importantes:
2) AP 470: “detalhe” induziu TODOS ao erro absurdo http://www.megacidadania.com.br/ap-470-detalhe-induziu-todos-ao-erro-absurdo/
3) O contrato que desmantela o mensalão e JB ocultou http://www.megacidadania.com.br/o-contrato-que-desmantela-o-mensalao-e-jb-ocultou/

É DEVER DE CONSCIÊNCIA DE TODOS QUE TENHAM CONHECIMENTO DOS NOTÓRIOS E EVIDENTES ERROS COMETIDOS PELO STF NA AP 470 EXIGIREM A ANULAÇÃO DA FARSA.
Para isso foi criado um Fórum Permanente em Defesa da Democracia, Contra os Erros do Supremo Tribunal Federal (STF) no Julgamento da Ação Penal 470 (AP 470): Pró Verdade e Justiça. Por coincidência, ele foi assinado por 13 representantes e suas entidades, presentes ao encontro.
Para que ele seja divulgado estamos disponibilizando-o aqui e, para os que desejarem aderir, basta enviar mensagem manifestando interesse em participar do Fórum Pró Verdade e Justiça para o endereço de email: forumproverdadeejustica@yahoo.com.br, com seu nome, cidade-estado, endereço eletrônico e telefone de contato. Caso faça parte ou represente alguma instituição, partido, igreja, sindicato, etc. indique-nos qual. Se possui blogs ou participa de grupos em redes sociais como Twitter , Facebook, Linkedin, MSN, Skype, etc. e, tendo interesse, envie-nos os endereços de sua página, miniblog ou site que também os cadastraremos, para posterior divulgação.
Clique AQUI para visualizar a lista dos que já estão participando do movimento.
Clique no link abaixo para ler na íntegra o documento que registrou o ato de criação:

Com informações do MEGACIDADANIA e MIDIACRUCIS

Você pode ler também:
 - O mensalão do PSDB é lindo - Por Paulo Moreira Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário