Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

8 de outubro de 2013

Judiciário brasileiro pode desmentir Joaquim Barbosa

banner02
O relator da AP 470, Joaquim Barbosa, utilizou de um estratagema para impedir a ampla defesa de todos que foram condenados no STF no julgamento do chamado mensalão.
JB afirmou, para condenar a todos, que foi desviado dinheiro público do Banco do Brasil sem a realização de qualquer serviço publicitário ou patrocínio.
JB afirmou mas não comprovou que os serviços publicitários e/ou patrocínios deixaram de ser realizados.
E mais uma vez demonstramos com documentos que JB não fala a verdade.
O mais emblemático dos serviços publicitários realizado com recursos da empresa privada Visanet, com certeza, é o patrocínio ao XVIII Congresso Brasileiro de Magistrados organizado pela Associação dos Magistrados Brasileiros - AMB.
Os números do evento impressionam, confira na imagem abaixo:
Dados Congresso  
As informações acima foram coletadas no link: http://www.amb.com.br/portal/docs/publicacoes/amb_info_ed48.pdf
DOCUMENTO COMPROBATÓRIO ESTÁ NA AP 470
No apenso número 413, EP 25923 (este é o número da página), encontra-se o documento que JB não viu, não leu ou imaginou que ninguém iria conferir.
200 mil AMB Visanet  
Confiram nos links:
Os R$ 74 milhões não foram desviados
Foram realizadas 93 (noventa e três) ações ou eventos com os recursos PRIVADOS da empresa MULTINACIONAL Visanet, o que comprova a utilização de mais de 92% dos R$ 74 milhões que Joaquim Barbosa afirma terem sido totalmente desviados.
Os quase 8% restantes dizem respeito a eventos realizados, mas que a Visanet questionou se teriam como objetivo divulgar a marca Visa ou somente a marca Banco do Brasil. Fato é que foram integralmente utilizados em campanhas publicitárias e/ou patrocínios os R$ 74 milhões e nenhum centavo foi desviado.
Em nossa postagem, no dia 03/10/2013, de título JOAQUIM BARBOSA É VENDEDOR DE ILUSÃO, apresentamos uma vasta documentação comprovando diversos outros eventos que também foram realizados com os recursos privados da empresa multinacional Visanet e que tiveram milhões de pessoas comparecendo e/ou assistindo suas transmissões (vide link http://www.megacidadania.com.br/joaquim-barbosa-e-vendedor-de-ilusao/).
STF compareceu ao XVIII Congresso da AMB
O XVIII Congresso dos Magistrados Brasileiros teve em sua mesa de abertura a presença do então presidente do STF, ministro Mauricio Correa que substituía o presidente de então, ministro Nelson Jobim (confira nos links ao final da postagem).
Milhares de magistrados brasileiros compareceram e/ou assistiram pela internet a transmissão do evento.
E todos estes magistrados podem desmentir JB, pois, ou todos foram submetidos a um transe hipnótico e abduzidos por uma força terrível que promoveu uma lavagem cerebral inédita e nenhum deles se recorda de terem comparecido e/ou assistido ao evento ou então o evento existiu e Joaquim Barbosa mentiu.
ATÉ QUANDO O MENTIRÃO PREVALECERÁ ? 
É DEVER DE CONSCIÊNCIA DE TODOS QUE TENHAM CONHECIMENTO DOS NOTÓRIOS E EVIDENTES ERROS COMETIDOS PELO STF NA AP 470 EXIGIREM A ANULAÇÃO DA FARSA.
COMPARTILHAR É O SEGREDO DE NOSSA FORÇA !
LINKS OFICIAIS DE INFORMATIVOS DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE MAGISTRADOS

Com informações do MEGACIDADANIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário