Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

17 de fevereiro de 2011

Venezuela lança arrojado programa de habitação popular


Nasce a "Grande Missão Vivenda Venezuela", para resolver o déficit habitacional do país
Por: AVN / VTV / Aporrea.org
14/02/11
 
Caracas, 14 fevereiro de 2011 – O presidente da República, Hugo Chávez Frias anunciou este domingo que está nascendo a “Grande Missão Vivenda Venezuela”, que resolverá o déficit habitacional no país com a união de todos os setores.

O primeiro mandatário adiantou parte do novo programa social: “O objetivo é solucionar o drama da vivenda, que só é possível  em coletivo, uma união nacional do setor privado, setor público, os bancos privados e públicos, os trabalhadores, os empresários honestos, os venezuelanos e paises amigos do mundo: Cuba, Irã, China, Belarus, Rússia, Portugal e Brasil.

Em seu programa Alô Presidente 370, realizado na cidade socialista Caríbia (cidade que está em construção), Chávez, explicou que essa Missão tem cinco vértices, o primeiro dos quais é um censo, que será anunciado proximamente, para identificar com precisão as famílias da Venezuela que não têm vivenda própria e vivem em áreas de risco. 

Já começamos o censo pelos refúgios dos desabrigados das recentes chuvas. Logo anunciaremos o novo Censo, afirmou o presidente. “Estamos preparando um censo com todos os recursos técnicos disponíveis”.  

O segundo vértice da Missão é um registro dos terrenos; o terceiro das empresas construtoras nacionais e internacionais, incluindo aos trabalhadores, empresas sob gestão comunal e operária.

O quarto vértice do novo programa é o financiamento. Afirmou que para este ano serão destinados 30 bilhões de bolívares  (sete bilhões de dólares) para construir 150 mil residências.

O presidente afirmou que o Estado colocará metade desse montante e os bancos privados a outra metade. “Não será o governo sozinho que irá construir essas residências e o setor privado não pode ficar financiando apenas  um setor da sociedade (os burgueses e oligarquias). “O setor privado tem que financiar também os pobres, os profissionais, a classe média sem cair em mecanismo de especulação e corrupção”.  afirmou o presidente.

O quinto vértice dessa nova Missão, abrange o material de construção.

O mandatário afirmou que logo mais definirá a proposta em sua totalidade e a anunciará de público.

Da mesma maneira como nasceu a Grande Missão Agro/venezuela, hoje anunciou que está nascendo a Grande Missão Vivenda Venezuela. “Transformar a Venezuela numa grande vivenda, onde todos possamos viver com dignidade”, afirmou.

Adiantou o presidente que o citado projeto pretende construir dois milhões de residências entre 2011 a 2017. Desta forma se cobrirá o déficit habitacional existente atualmente no país.

A Vivenda Venezuela incluirá as Missões Habitat (lançada em 2003) e Vilanova (em 2007) criadas em anos anteriores para enfrentar o problema habitacional.

O presidente detalhou que seu governo impulsionará uma nova etapa de programas sociais, onde as missões tradicionais se articularão com as “Grandes Missões”. Já não serão missões para enfrentar apenas questões contingênciais, como foi o caso de “Barrio Adentro” (de saúde) ou Habitat (vivenda). Agora surgirão as Grandes Missões, com estratégia mais ampla (mudanças estruturais).

No Alô Presidente desse domingo, foram entregues para as famílias 200 documentos de posse dos apartamentos, como parte das 602 unidades que serão entregues em abril próximo.  

Assistam ao vídeo, cujo endereço está abaixo transcrito

http://www.youtube.com/watch?v=YMAXxuomzwk&feature=player_embedded


 
PS: E no Brasil quando é que será resolvido o gigantesco déficit habitacional que atinge o país? Que soluções definitivas serão dadas aos desabrigados envolvidos na última catástrofe natural? E aos das outras que ocorreram em anos anteriores? E para aqueles que residem em favelas das grandes cidades localizadas em áreas de risco? Eles continuarão apenas aos cuidados da caridade pública e depois lançados a sua própria sorte? Tal como aconteceu em eventos semelhantes ocorridos no passado? O Brasil necessita de soluções arrojadas e revolucionárias nesse tema, tal como faz a Venezuela. 

Jacob Blinder para o  Rede Morena - Círculos Bolivarianos 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário