Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

2 de julho de 2016

Financiamento coletivo para viagens de Dilma bate recorde do Catarse


A “vaquinha” virtual no site de financiamento coletivo Catarse para arcar com os custos das viagens da presidenta eleita Dilma Rousseff pelo país conquistou o recorde de arrecadação em 24 horas da plataforma. Em apenas um dia, o projeto “Jornada pela Democracia”, que foi lançado na tarde da última quarta (20), conseguiu mais de R$ 300 mil em contribuições. A maior arrecadação em um único dia do site tinha sido para o livro de história da arte Kabbalah Hermética, que levantou R$ 83.369,33 mil.

Às 18h desta sexta (1), o saldo da campanha para o deslocamento de Dilma já era de mais de R$ 488 mil, o que representa 98% da meta de R$ 500 mil.

De acordo com Luiza Bodenmüller, do Catarse, a iniciativa pode bater também outros recordes, atingindo, inclusive, a maior captação da história da plataforma. Até o momento, o maior valor arrecadado havia sido para o projeto Mola Structural Kit - um modelo interativo que simula o comportamento de estruturas arquitetônicas, que conseguiu R$ 603.064 mil, em 2014.

A iniciativa da Jornada pela Democracia é de duas amigas Dilma da época da resistência ao regime militar, Guiomar Silva Lopes e Maria Celeste Martins. Trata-se de uma resposta ao governo do presidente provisório Michel Temer, que chegou a proibir que a presidenta eleita usasse aviões da Força Aérea Brasileira (FAB), exceto para viagens entre Brasília e Porto Alegre.

Na semana passada, a Justiça do Rio Grande do Sul acabou concedendo a Dilma a possibilidade de voar em aeronaves oficiais, desde que a viagem seja paga. Foi aí que surgiu a ideia de arrecadar verbas para pagar tais delocamentos.

Portal Vermelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário