Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

3 de janeiro de 2016

Deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS): "Globo blinda anunciantes de cerveja"


Deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) bateu duro no jornal O Globo; de acordo com o parlamentar, em matéria publicada neste domingo (3), o veículo decidiu "blindar - ou brindar ? - seus próprios anunciantes de qualquer responsabilidade sobre os acidentes e mortes no trânsito que ocorrerão durante o carnaval"; parlamentar avaliou que a blindagem reflete a "dependência econômica que a mídia tem da publicidade de cerveja"; congressista lembrou que a OMS aprovou, em texto assinado por 193 países no ano de 2010, restrição à publicidade de cerveja como uma das estratégias para diminuir a violência no trânsito.

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) bateu duro no jornal O Globo, pois, de acordo com o parlamentar, "a proximidade com o carnaval e a dependência econômica que a mídia tem da publicidade de cerveja" levaram o veículo a isentar "a combinação bebida e direção como uma das causas da violência no trânsito". O objetivo do jornal foi "blindar - ou brindar ? - seus próprios anunciantes de qualquer responsabilidade sobre os acidentes e mortes no trânsito que ocorrerão durante o carnaval", segundo o congressista.

"Em matéria deste domingo (3), o jornal 'analisa' a ocorrência dos acidentes em rodovias federais e aponta suas causas. O Globo 'não viu', em nenhum momento, o consumo de bebidas alcoólicas com um fator preponderante para as vítimas das estradas", disse ele, em referência à mataria intitulada "Acidentes em rodoviais federais provocaram 8 mil mortes em 12 meses".

Em nota, enviada por sua assessoria de imprensa, o deputado afirmou que, "para dar suposta credibilidade àquilo que O Globo quer esconder, ou não pode dizer - a relação entre álcool e acidentes com veículos - um especialista em segurança de trânsito surge no texto para sentenciar que o 'despreparo dos motoristas', a 'falta de manutenção dos veículos' e a 'péssima qualidade das vias' é que são os responsáveis pelas colisões nas estradas".

"Nenhuma referência sobre álcool e direção, apesar de constar claramente no site da Polícia Rodoviária Federal que, nas operações de fiscalização de final de ano que terminam só depois do carnaval, a 'embriaguez ao volante' é uma das "principais atitudes dos condutores que acarretam acidentes graves", complementou o petista.

O deputado lembrou que, "no ano passado, a Revista Época, do grupo Globo, revelou que a Ambev ocupava o sexto lugar entre as dez empresas que mais investiram em publicidade no primeiro semestre de 2015 no País". "Não fosse pelas razões óbvias e conhecidas, seria de se estranhar o fato de uma matéria que dedicou uma página inteira sobre acidentes em rodovias não ter ouvido nenhum especialista na área da saúde, por exemplo", afirmou.

"Até porque, se ouvisse, saberia que a Organização Mundial da Saúde aprovou, em texto assinado por 193 países no ano de 2010, a restrição da publicidade de cerveja como uma solução estratégica à diminuição da violência no trânsito. Dados da OMS afirmam que o álcool é o agente causador de 4% das mortes do mundo, vitimando mais do que doenças como AIDS e Tuberculose. O público jovem, especialmente do sexo masculino, representa a maior parte das vítimas", acrescentou Pimenta.

O parlamentar reforçou que, "como se sabe, o carnaval é o período em que os segmentos de bebidas mais lucram, quando milhões e milhões de litros de cerveja são consumidos, e que também muito investem em publicidade". O aumento do consumo de álcool nessa época faz com que esse seja o período, apontado pela Polícia Rodoviária Federal, como o mais crítico em termos de acidentes em rodovias federais". - Brasil247

Nenhum comentário:

Postar um comentário