Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

28 de agosto de 2015

Milhares dos melhores —  Pepe Mujica

10 mil estudantes e entusiastas acompanharam o discurso do ex presidente uruguaio na Concha Acústica da Universidade Estadual do Rio de Janeiro. Foto: Mídia NINJA

 “Os estudantes tem que se dar conta que não é só uma mudança do sistema, é uma mudança de cultura, é uma cultura civilizatória. E não tem como sonhar com um mundo melhor se não gastar a vida lutando por ele. Temos que superar o individualismo e criar consciência coletiva para transformar a sociedade.” — Pepe Mujica

Milhares de jovens que não se calam frente à ruína do sistema político e econômico no mundo contemporâneo. Uma juventude disposta a modificar radicalmente velhas visões de mundo e conquistar o respeito pela diversidade de seus modos de vida. Foto: Mídia NINJA

Jovens cariocas de todas as idades, ao redor do mítico ex-presidente uruguaio, que colocou seu país no mapa do mundo ao dar passos decisivos na agenda do século XXI, regulamentar a maconha, descriminalizar o aborto e impedir a redução da maioridade penal marchando junto dos movimentos sociais do país.
“Não há homem imprescindível, há causa imprescindível. Sem a força coletiva não somos nada”
Na Concha Acústica da UERJ estavam aqueles que querem ver o STF descriminalizar o porte de maconha ainda esta semana no Brasil, dando um primeiro passo rumo ao fim desta guerra genocida que nos mancha a todos os brasileiros de sangue.
Ao redor de Mujica, os que querem ver a democracia vencer definitivamente a ditadura, desmilitarizando a polícia militar. Ao redor de Pepe, estavam aqueles que querem exercer o direito humano, democratizando a velha estrutura de mídia erguida pela ditadura militar no país.

“Os únicos derrotados no mundo são os que deixam de lutar, de sonhar e de querer! Levantem suas bandeiras, mesmo quando não puderem levantar!” Foto: Mídia NINJA
Ao redor do velho Mujica, aqueles que querem ver respeitado o direito da mulher sobre seu corpo, e nenhum a menos pelos crimes do machismo. Ao redor de José Mujica, os que reconhecem no amor o verdadeiro vínculo familiar e constroem ao redor de si mesmos um mundo livre de racismo, machismo, homofobia, transfobia, xenofobia e toda sorte de fundamentalismos do mal.
Os que sabem que os pobres da África não são da África, são nossos. Os que sabem que não precisamos imitar à Europa. Os que não querem o desenvolvimento na base da dor e da angústia. Ao redor do velho líder latinoamericano, os sonhadores do novo mundo possível. Os que pretendem libertar as energias utópicas e construir um novo tempo de esperança na humanidade aqui e agora, porque só a felicidade nos interessa. Os que sabem que não haverá mundança no mundo material, sem mudança na cultural. Os que já dedicam à vida, à aventura civilizatória e às causas nobres da humanidades.

O discurso de quase duas horas contou com mais de 20 mil espectadores ao vivo na transmissão realizada pela Pós TV. Assista na íntegra:

Numa noite histórica, 27 de agosto de 2015, a juventude vibrou com a política como num show de rock. Eram os filhos de Mujica, românticos del Uruguay Libre. Pepe Mujica é pura inspiração! Gracias, Pepe. O Brasil te ama.
Midia NINJA

Nenhum comentário:

Postar um comentário