Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

28 de novembro de 2013

#AnulaAP470: mensalão não existiu


As provas da inocência de Pizzolato, Genoíno, Dirceu e outros, foram ignoradas durante o processo.
E o que existiu foi caixa dois.
Só que caixa dois, sem as reformas política e tributária, todo mundo faz. Sendo apenas crime eleitoral da esfera do TSE.
Para levar para o STF como "o maior escândalo de corrupção do planeta" e ferir gravemente o PT, só enfeitando o pavão. E foi o que fizeram. Não existiu desvio de dinheiro público, mesada para parlamentares, peculato, quadrilha.
Isto tem que ser dito à nação e esta ação ser anulada.
Punir o caixa dois? Claro, mas também o de todas as pessoas jurídicas, todos os partidos e até de pessoas físicas.
Estamos num mar, não de lama, mas de hipocrisia.
 

Assista o vídeo onde o advogado de Pizzolato arrisca sua carreira e reputação e denuncia o verdadeiro julgamento de exceção em que se viu metido. Sem dúvida deveria ser convocado para prestar declarações no Senado Federal, única instituição com poderes para julgar o STF.


E leia os artigos:

(1) -
Íntegra do contrato com a Visanet, que prova a inocência de Pizzolato

(2) - Missão de Pizzolato na Itália é destruir o processo do ‘mensalão’, diz advogado

(3) -
Mensalão a verdade sob ameaça


da Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário