Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

7 de maio de 2011

PF e Anatel fecham Rádio Santa Marta no Dia da Liberdade de Imprensa

Abaixo-assinado: Assine a petição pela volta da rádio! http://www.PetitionOnline.com/radiostm/ Ou assine a versão em papel, disponível na rádio


Em ação na manhã de ontem (03/05) a Polícia Federal e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fecharam a rádio comunitária Santa Marta, que funciona no morro Dona Marta, em Botafogo, zona sul do Rio.
Segundo as primeiras informações o transmissor foi apreendido. O Rapper Fiell (Emerson Claudio) e Antonio Carlos Peixe, membros da emissora, foram levados para prestar depoimento em um camburão na Polícia Federal, na praça Mauá, centro da cidade.
A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) foi acionada pelo deputado Marcelo Freixo (Psol), presidente da comissão. O vereador Eliomar Coelho também já foi contactado.
A rádio é comunitária, está buscando a legalização e tem amplo apoio de entidades do movimento social e da comunidade local.
O fechamento aconteceu no dia em que se comemora a Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. No ano passado, o Relator Especial sobre Liberdade de Opinião e Expressão da Organização das Nações Unidas (ONU), Frank La Rue, apresentou um relatório que destaca o papel dos meios de comunicação dos cidadãos na vida democrática.
No documento apresentado ao Conselho de Direitos Humanos da ONU ele destacou que "meios de comunicação comunitários são instrumentos eficazes para executar a função de exercer o direito à liberdade de opinião e de expressão para todos os setores da sociedade”. (pulsar)

Fonte: Rádio Santa MartaPulsar Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário