Democratização da Comunicação, Reformas de Base e Direitos Humanos

14 de fevereiro de 2011

Pig: Mídia esconde que 1.000.000 estão nas ruas contra Berlusconi

Caio Octavio: Haverá lei do silêncio para proteger Berlusconi na mídia?

por Caio Octavio, de Roma
Um milhão de pessoas foi às ruas da Itália neste domingo, 13 de fevereiro, pedindo a renúncia de Berlusconi, o primeiro-ministro da Itália, por suas ligações com a máfia, pela comprovada compra de juízes, deputados e senadores, por sua degenerada vida de orgias e de ofensas às mulheres italianas (leia aqui).
A pergunta é: porque até esta hora, 20:56, de domingo,  13.02.2011, os portais do Estadão, da Folha e de O Globo não têm chamadas na capa sobre essas megamanifestações que ocorreram simultaneamente nas 300 maiores cidades italianas?
Seria um acordo de silêncio, um tipo de  “Omertá” da mídia ?
Por que a notícia de que havia 2 mil manifestantes em Argel ontem, pedindo democracia, ocupou a primeira página do Estadão, mas um milhão de italianos contra Berlusconi “não é notícia”?
Apenas por que Berlusconi é de extrema-direita não podemos ficar sabendo que o povo italiano está farto de sua corrupção e devassidão?
Por que a mídia brasileira protege Berlusconi?
Por que ele é anti-Lula?
Ou por que ele é um renomado racista, xenófobo e fascista e nossa imprensa simpatiza secretamente com essas ideias?
Existirá então uma “Lei do Silêncio”, um tipo de Omertá, que protege não só Berlusconi, mas todos os políticos apoiados mundo a fora pelos veículos privados de comunicação?
Faça a sua parte para combater o bloqueio da mídia brasileira. Pesquise no Google sobre as manifestações contra Berlusconi hoje na Itália e mande links para os seus amigos.
Bem informadas, as pessoas podem fazer o mundo mudar. Faça a sua parte.
Ou você prefere esperar que  Estadão GloboFolha o façam?

 do Vi o Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário